Exército nega reprovação a Salve Jorge

Criado por Marcelo Antonio Neves, coronel da Artilharia, um movimento na internet encontra eco em outros membros do Exército para reprovar sua retratação na novela Salve Jorge. "As demonstrações de deslealdade, desequilíbrio, petulância e falta de ação de comando dão aos expectadores (sic) a ideia que o nosso Exército é aquele saco de gatos...". Procurada pela coluna, a assessoria de imprensa do Exército informa que esta não é a posição do Exército, que sempre apoiou manifestações culturais. A Globo avisa que não tem conhecimento de críticas oficiais e reforça que "novelas são obras de ficção". "A liberdade de criação artística não interfere na parceria com o Exército", completa.

CRISTINA PADIGLIONE, O Estado de S.Paulo

15 de novembro de 2012 | 02h10

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.