Ex-sócio acusa CIE de lavagem de dinheiro

Um ex-sócio da companhia mexicana Corporación Interamericana de Entretenimiento (CIE), gigante do showbiz que também atua no Brasil, Argentina e Espanha, decidiu denunciar a empresa por lavagem de dinheiro. Conforme sustenta o jornal argentino Pagina 12, o empresário Daniel Grinbank, um dos maiores promotores de shows do País, revelou ontem à Justiça o método que teria sido empregado pela companhia para lavar dinheiro, usando uma de suas empresas na Argentina e outra no Panamá. A transação teria envolvido cerca de US$ 8,5 milhões. A CIE controla diversas rádios argentinas, um teatro em Buenos Aires e obteve recentemente concessão para operar o zoológico. No Brasil, a CIE chegou com força há dois anos e controla algumas das principais casas de shows em São Paulo, como Credicard Hall e DirecTV Music, e no Rio, como o ATL Hall.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.