Ex-piloto nazista acredita ter derrubado avião de Saint-Exupéry

Horst Rippert relata em seu livro que pode ter matado o autor de 'O Pequeno Príncipe' em julho de 1944

Agência Estado e Associated Press,

16 de março de 2008 | 13h22

Um ex-piloto da força aérea nazista acredita ter derrubado o avião pilotado por Antoine de Saint-Exupery, autor de O Pequeno Príncipe, mas não tem total certeza disso.     A revelação de Horst Rippert, piloto da Luftwaffe durante a Segunda Guerra Mundial, aparece em um novo livro prestes a ser lançado.   O Lockheed Lightning P-38 pilotado por Saint-Exupéry desapareceu em 31 de julho de 1944.   No fim de semana, a revista Le Figaro publicou fragmentos do livro intitulado Saint-Exupéry, o último segredo.   "Derrubei Exupéry", afirma Rippert, citado pela revista. "Mas não vi o piloto e foi impossível descobrir sua real identidade. Esperei, e ainda espero, que não tenha sido ele", prossegue.   Saint-Exupéry tinha 44 anos quando desapareceu e ainda hoje, décadas depois de sua morte, continua sendo uma das personalidades mais admiradas na França e em outros países.   Ele é mais conhecido por ser o autor de O Pequeno Príncipe, um conto que aborda basicamente o sentido da vida e do amor.

Tudo o que sabemos sobre:
GENTEEXUPERYPILOTO

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.