Ex-mulher de Paul McCartney nega ter sido prostituta

Heather Mills, que recentemente anunciou sua separação do ex-Beatle Paul McCartney, negou neste domingo por meio de seus advogados, que tenha sido uma prostituta de luxo especializada em orgias sexuais com árabes ricos. O jornal News of the World publicou na edição dominical os supostos testemunhos de pessoas da família real saudita que teriam pago milhares de dólares por seus serviços. Segundo os advogados, essas são velhas histórias que já foram desmentidas há quatro anos e que têm como fonte "pessoas indignas de confiança, que ganharam dinheiro para contá-las". O objetivo desses indivíduos "sempre foi causar o máximo de danos a Heather, a seu marido e à família, em momentos difíceis", disseram os defensores. Esta semana, tablóide britânico The Sun publicou fotos de Heather posando nua para uma publicação alemã e classificou as imagens como "obscenas". Segundo ela, era simplesmente um "guia para amantes".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.