Ex-marido diz que Bullock provavelmente suspeitava de traições

O ex-marido de Sandra Bullock disse que a atriz de Hollywood provavelmente suspeitava que ele tinha casos extraconjugais durante o casamento de cinco anos, mas ele desconversava o assunto.

REUTERS

25 de maio de 2010 | 15h36

Jesse James, de 41 anos, afirmou ao programa "Nightline", da ABC News, em trechos que foram ao ar na terça-feira, que admitiu suas traições a Bullock, depois que a primeira notícia de um de seus casos foi divulgada na imprensa. Isso ocorreu pouco depois que ela conquistou seu primeiro Oscar, em março, por "Um Sonho Possível".

"Eu lhe disse tudo, que tive casos fora de nosso casamento", disse ele. "Eu acho que ela teve suas suspeitas no passado, mas você sabe. Eu menti, e menti para fugir do assunto. Eu menti a todos sobre tudo, até para mim mesmo."

James teve casos com ao menos quatro mulheres -- uma delas enquanto Bullock estava filmando o que seria seu papel vencedor de Oscar, no drama esportivo "Um Sonho Possível", segundo vários relatos.

Bullock, de 45 anos, fez discursos emocionados na temporada de premiação de Hollywood agradecendo James pelo seu apoio, mas a atriz saiu da residência onde o casal morava na Califórnia quando o escândalo sobre as traições veio à tona.

James disse ter se sentido desanimado quando viu fotos de Bullock com o bebê que tinham adotado recentemente, lendo que ela queria ficar com a guarda do filho. Segundo o programa "Nightline", ele queria continuar como pai da criança adotada após o divórcio.

"Me deixou triste mas eu percebo por que as coisas devem ser feitas de certa forma", disse ele."

Tudo o que sabemos sobre:
GENTEBULLOCKMARIDO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.