Divulgação
Divulgação

Ex de George Clooney tira a roupa pelos animais

Elisabetta Canalis é conhecida por sua oposição ao uso de peles animais na moda

REUTERS

14 de setembro de 2011 | 09h40

A apresentadora italiana de TV Elisabetta Canalis, ex-namorada de George Clooney, é a mais nova celebridade a tirar a roupa pela entidade Peta (Pessoas pelo Tratamento Ético dos Animais, na sigla em inglês).

Quem passou na terça-feira pela elegante Rodeo Drive, em Beverly Hills, viu Canalis posando ao lado da imagem em preto e branco usada na campanha, na qual ela aparece nua.

A italiana, que rompeu com Clooney neste ano, é conhecida por sua oposição ao uso de peles animais na moda. A campanha será muito exibida em Milão, onde vários estilistas ainda empregam esse material nas suas coleções.

"Essa é uma coisa na qual pessoalmente acredito e confio, então ninguém me disse para fazer isso. Desde criancinha eu fui contra as peles, nunca usei peles na vida", disse Canalis, de 33 anos, à Reuters.

Ela contou que se decidiu a participar da campanha ao saber da imensa crueldade sofrida pelos animais vitimados pelo comércio das peles.

Várias outras celebridades já tiraram a roupa pela Peta, incluindo Charlize Theron e Pamela Anderson, sempre sob o slogan: "Prefiro ficar nua a vestir peles".

(Por Piya Sinha-Roy)

Tudo o que sabemos sobre:
Elisabetta CanalisPeta

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.