Ex-BBB pode processar Globo

Ele fez uma série de entrevistas e exames médicos. Foi convocado, assinou contrato, chegou a ser confinado no hotel com os outros participantes do Big Brother Brasil 6. Quando a chamada da atração entrava no ar, foi avisado, horas antes de entrar na casa do programa, que estava fora do reality da Globo. Leandro Moraes, participante eliminado do BBB antes da estréia do programa, deve processar a Globo. ?Estamos analisando o contrato que ele assinou com a Globo e as medidas que vamos tomar. Pelo que entendemos, o contrato de participante do BBB ainda está em vigência e ele ainda tem o status de participante do atração?, fala o advogado de Leandro, César Marcos Klouri. ?Vamos tomar algum tipo de providência, seja extra-judicial ou judicial. Caso não haja conversa com a Globo, poderemos entrar com um processo por quebra de contrato?, continua. ?Meu cliente pediu demissão do serviço dele, pois iria participar do programa. Fora a situação delicada a que foi exposto por não entrar na atração. Está claro que ele teve um prejuízo.? A alegação da Globo para a expulsão de Leandro um dia antes de o programa estrear foi a relação do participante com funcionários do canal, fato que ele teria omitido. O advogado do rapaz nega. ?Leandro não tem amizade nem relação com ninguém lá da Globo. Ele conhece um filho de um diretor, mas a própria Globo já afirmou outras vezes que isso não é fator determinante para escolher ou para excluir alguém do processo de seleção do programa?, defende o advogado. ?Ele não sabe por que foi excluído. Apenas o avisaram, já no quarto do hotel, que ele estava fora.? A Globo, por meio de sua assessoria de imprensa, alega não ter nada mais a dizer sobre o caso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.