Ex-baterista do Abba é encontrado morto na Espanha

Autópsia preliminar sugere que a morte de Ola Brunkert, de 62 anos, teria sido acidental

Agências internacionais,

17 de março de 2008 | 09h08

Um ex-baterista da banda pop sueca Abba , Ola Brunkert, foi encontrado morto no jardim de sua casa na ilha espanhola de Mallorca. O Tribunal Superior de Justiça das ilhas Balearesos informou nesta segunda-feira, 17, que os primeiros resultados da autópsia do corpo de Ola Brunkert apontam que sua morte foi acidental. A autópsia, que está sendo realizada no Instituto Médico Legal da cidade espanhola de Palma, ainda não foi finalizada, e novas análises são esperadas. O tribunal lembrou que, caso os resultados finais confirmem a hipótese de morte acidental, o caso será arquivado. Segundo informaram à agência de notícias Efe fontes da Guarda Civil, a investigação mantém a hipótese de que se trate de um acidente caseiro, pois a porta de vidro que liga a cozinha com o jardim, perto do local onde o corpo foi encontrado, estava quebrada. A Guarda Civil acredita que Brunkert - que vivia sozinho - pode ter tropeçado e quebrado o vidro acidentalmente com a cabeça. O impacto teria cortado o pescoço do baterista, que em seguida teria ficado inconsciente e morrido por causa do sangramento. O corpo, segundo os investigadores, foi descoberto por volta das 17h de Brasília do domingo por um vizinho e amigo de Ola, que avisou a Polícia local de Artà. Quando os oficiais chegaram ao local, comprovaram que Ola já estava morto. Brunkert Ola, nascido em Estocolmo em 1946, ficou famoso como integrante do grupo sueco Abba, na qual tocava bateria. O ex-baterista morava há muito tempo morava em Artà, uma localidade turística da zona leste da ilha de Mallorca.

Tudo o que sabemos sobre:
AbbaOla Brunkert

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.