Evento prefere apostar no experimentalismo

Crítica: Luiz Carlos Merten

O Estado de S.Paulo

17 de setembro de 2012 | 03h08

Produtor dos filmes Loucos por Cinema e Sagrado Segredo, de André Luiz Oliveira, o brasiliense Márcio Curi nunca ficou satisfeito com o longa que realizou nos anos 1990, A TV Que Virou Estrela de Cinema. Ele até prometera nunca mais dirigir, mas se empenhou tanto no projeto de A Última Estação, iniciado como roteiro, que sua mulher não precisou de muito esforço para convencê-lo a assumir a direção. Descendente de libaneses, a história de A Última Estação tinha muito a ver com Curi e sua família, mesmo não sendo autobiográfica.

A imigração libanesa está sendo mapeada no cinema brasileiro. Além do filme que abre Brasília, há Constantino, de Otávio Cury, visto na Mostra Mundo Árabe. Os primeiros libaneses que aportaram no País viraram sinônimos de mascates e Lírio Ferreira e Paulo Caldas contaram, em Baile Perfumado, premiado com o Candango, como Benjamin Abraão documentou o bando de Lampião.

Constantino é um documentário que se passa em dois continentes e mostra como Cury descobriu que seu bisavô foi um dramaturgo importante. A Última Estação é ficção é resulta de uma pesquisa feita com 15 personagens (e suas famílias). Surgiu a história dos dois irmãos que migram para o Brasil e do grande amor que um deles vive. O velho ator Mounir Maasri é libanês, casado com brasileira.

Há algo de utópico na forma como atravessa o Brasil, enamora-se de Elisa Lucinda e fecha o ciclo voltando ao Líbano. Evoca E Agora, Onde Vamos?, de Nadine Labaki, exibido no Festival Varilux. Márcio Curi sabe que as histórias de migrações são sempre sobre famílias divididas e sonhos difíceis, mas não impossíveis de concretizar. Seu filme aposta na emoção. É 'tradicional', arriscado num festival que prefere o experimentalismo e a política.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.