Evento debate construção e integração das narrativas da cultura geek

Críticos de cinema, editores de sites de entretenimento e produtores de conteúdo analisam o universo dos quadrinhos, filmes, séries e games

Raquel Brandão, O Estado de S. Paulo

06 de novembro de 2015 | 20h36

Em 25 de maio de 2001, 14 dias depois do criador de O Guia do Mochileiro das Galáxias, Douglas Adams, morrer, aconteceu o primeiro Dia da Toalha, em referência de um de seus livros. A data também ficou conhecida como Dia do Orgulho Nerd e há quem diga que não é apenas por causa da homenagem a Adams. Em 2006, centenas de espanhóis se reuniram em Madri para provar seu amor à cultura nerd e lembrar a première do primeiro filme da série Star Wars, o Episódio IV: Uma Nova Esperança, em 25 de maio de 1977. Coincidências, ou não, a data ganhou fama e é cada vez mais celebrada em todo mundo, inclusive no Brasil, que vê o cenário nerd e geek cada vez mais forte.

“Eu sou um dos poucos jornalistas que assumiu o lado geek antes mesmo da cultura se tornar conhecida. Ela, na verdade, sempre existiu, mas, especialmente agora, a internet a expandiu”, conta o jornalista Paulo Gustavo, que, apesar de ver vantagens na quebra das barreiras, aponta que é preciso ter cautela com as informações na rede. “Os fatos tem que ser bem apurados. Não existe geek sem conhecimento.” Para discutir essa cultura cada vez mais pop no País, Paulo se unirá a outros geeks e nerds declarados – e especialistas – no evento Iniciativa Crossover, que chega a São Paulo depois de uma primeira edição em Salvador.

Organizado por Ângelo Costa, do site Além da Tela, e  Tatá Snow e Doktor Bruce, do Freakpop, o festival promoverá um dia de painéis sobre diferentes temas da cultura pop, principalmente a crossover, como sugere o nome do evento e que é bem conhecido dos fãs. “Tudo veio dos livros e quadrinhos, e hoje tem o boom dos filmes e das séries. Crossover é essa mistura, pois a cultura pop é transmidiática”, conta Tatá Snow. A palavra original do inglês significa justamente a troca de personagens ou informações em diferentes histórias. Também não é raro ver um herói dos quadrinhos protagonizando um filme ou participando de alguma série, como o sucesso de bilheteria Os Vingadores. 

Os painéis são compostos por críticos de cinema, editores de sites de entretenimento e produtores de conteúdo que falarão com o público sobre o processo de construção e integração das narrativas em casos de adaptações. Na edição paulistana há ainda mais um assunto: os animes, famosos desenhos japoneses. “A cultura japonesa é muito forte em São Paulo. A Lilian Carvalho, que é umas das palestrantes, é cosplay há anos”, explica Tatá. A ideia também é dar espaço para sites menores se exporem. “Existe espaço para falar da cultura pop, mas ter um diferencial é como ganhar Copa do Mundo, é um desafio.” 

O evento é gratuito  e acontece no próximo sábado, 14 de novembro, na Saraiva Megastore do Shopping Morumbi. O primeiro debate, “Invasão do leste: o impacto da Cultura Pop japonesa no ocidente”,  é às 14h20. É preciso se inscrever para cada painel no site da Iniciativa Crossover. Confira a programação completa:

14h – Abertura

14h20 – Invasão do leste: o impacto da Cultura Pop japonesa no ocidente. Com Doktor Bruce (FreakPop), Guilherme Vitoriano (Filmes e Games), Juliana Varella (Guia da Semana) e Lilian Carvalho (cosplayer).

15h10 – Games e divergências: uma adaptação problemática. Com Beatriz Blanco (Bonus Stage), Rodrigo Sanches (Bonus Stage), Guilherme Vertamatti (Meia Lua pra Frente e Soco), Leandro Vallina (Filmes e Games), Celso Affini (Defenestrando Jogos).

16h00 – Os universos Marvel e DC em pauta. Com Eder Pegoraro (Revista Mundo dos Super-Heróis), Doktor Bruce (FreakPop), Luis Maximus (ilustrador da DC).

16h50 – Game of Thrones: Adaptação do problema ou problema da adaptação? Com Rodrigo Baldin (Central 42), Doktor Bruce (FreakPop).

17h40 – Existe vida antes de LOST? Experiências televisivas com transmídia. Com Paulo Gustavo (Revista Sci Fi News), Rogério Victorino (TV Geração Z), Tiago Paes (Tem Um Tigre no Cinema), Ângelo Costa (Além da Tela).

18h30 – Os Clássicos transmidiáticos da BBC: Doctor Who e Sherlock. Com Guilherme Vitoriano (Filmes e Games), Karina Bernardino (FreakPop), Marko Miller (All Pop Stuff), Rafael Tanaka (Humanoides) e Paulo Gustavo (Revista Sci Fi News).

19h20 – Galáxia transmidiática: a expansão do império Star Wars. Com Juliana Varella, Roseane Aguirra (Guia UOL) e Rodrigo Sanches.

20h10 – Crossover: Um bate papo sobre Netflix, divergências e futuro. Com Ângelo Costa (Além da Tela), Talita Vieira (FreakPop), Paulo Gustavo (Revista Sci Fi News), Rogério Victorino (TV Geração Z).

Mais conteúdo sobre:
Cinema

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.