Eurochannel investe no Brasil

O Eurochannel estreará no dia 12, às 22 horas, sua primeira produção nacional. O canal optou por usar o fundo da Ancine para produzir, em parceria com a Radar, o Europa Paulistana, um documentário que mostra a cidade de São Paulo sob olhar de imigrantes de quatro países da Europa.A idéia pode não ser original, mas é válida por ser uma atração cultural - diferentemente de alguns programas nacionais produzidos por outros canais com fundo da Ancine.Europa Paulistana colhe depoimentos de imigrantes em diferentes profissões e situações. São histórias de pessoas com costumes diferentes e idéias diversas sobre esta grande amostra do Brasil.Falta apenas um elemento. Já que a idéia do documentário é mostrar a capital paulista, faltam legendas para localizar o telespectador dentro da cidade. Há belas imagens de edifícios famosos, da periferia, da Avenida Paulista, do centro e até de cafés e restaurantes que somente quem vive há tempos em São Paulo consegue identificar.Europa Paulistana foi editado para funcionar bem em dois formatos: um documentário de 60 minutos e quatro episódios de 15 minutos, que retratam espanhóis, portugueses, italianos e alemães. O canal decidiu apresentar a atração no primeiro formato. E a idéia do Eurochannel é abordar em uma possível segunda edição do programa outras colônias européias na cidade.O canal, que apresenta documentários, filmes e séries produzidas na Europa, está investindo no Brasil. Além de querer expandir o Europa Paulistana, o Eurochannel quer produzir mais atrações por aqui. A rede, que está disponível para assinantes da DirecTV, Sky e TVA, também está negociando sua entrada na Net em todo o País - hoje está em poucas praças, como em Belo Horizonte.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.