EUA protestam contra China na OMC para conter pirataria

Os Estados Unidos apresentarão duas ações contra a China na Organização Mundial do Comércio (OMC) com o objetivo de interromper a grande pirataria de filmes, músicas, livros e softwares norte-americanos, afirmou nesta segunda-feira, 9, a principal autoridade dos EUA para o comércio."Pirataria e falsificação na China continuam inaceitavelmente altas", afirmou a representante para Comércio norte-americana Susan Schwab, em comunicado que apresentou os dois questionamentos formais contra a China."Proteção inadequada aos direitos de propriedade intelectual na China custa às empresas e trabalhadores norte-americanos bilhões de dólares cada ano, e no caso de diversos produtos, também impõe um risco sério de prejudicar o consumidor na China, nos Estados Unidos e no mundo", afirmou Schwab.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.