''Eu nunca o imitei''

ENTREVISTA[br][br]Cauby Peixoto

Lucas Nobile, O Estado de S.Paulo

01 de maio de 2010 | 00h00

Desde o início da sua carreira até hoje, muita gente diz que você imitava o Sinatra...

Eu nunca imitei o Sinatra. Nunca conseguia e nunca queria também. Ele sempre foi uma referência, eu cantava as músicas dele antes mesmo de ir para os Estados Unidos, onde passei dois anos. Só queria cantar as músicas dele, me identifico muito. Sou mesmo é romântico. Sou um cantor tipo Sinatra.

Ele foi o maior cantor americano de todos os tempos?

Ainda é o Sinatra. Depois dele não apareceu mais ninguém.

E aqui, no Brasil?

Será que é o Cauby? Isso, os disc-jóqueis e o público vão dizer. A gente acredita...

O que falta aos cantores que surgem hoje por aqui? Personalidade forte ou talento?

Falta voz, é simples. Hoje eles só têm agudo ou grave. O cantor quando tem voz pode cantar como Cauby. Já é um grande negócio imitar o Cauby, assim como é imitar o Sinatra.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.