Estudo aponta overdose de intervalos em canais infantis

O canal pago infantil com maior número de comerciais pagos nos intervalos dos 15 dias que antecederam o Natal foi o Cartoon Network, com 19%. A Nickelodeon veio em 2º, com 14%, seguida por Discovery Kids e Nick Jr., com 13% cada um. O Estado teve acesso exclusivo aos dados, que são fruto do longo estudo do Observatório de Mídia da Universidade Federal do Espírito Santo, sob coordenação do Professor Edgard Rebouças, em parceria com o instituto Alana. O objetivo é monitorar a overdose de publicidade infantil da TV em temporadas de grande apelo de consumo. O convênio vai até 2014 e prevê quatro monitoramentos na TV por ano, sempre em 15 canais (redes abertas e emissoras pagas segmentadas), por 15 dias antes de datas comemorativas (Páscoa, Dia das Crianças e Natal) e em duas semanas típicas.

O Estado de S.Paulo

13 de março de 2012 | 03h10

Na temporada do Natal, o Cartoon, líder em publicidade no período, teve 48% de seus intervalos vendidos para brinquedos, gênero que compôs 46,6% do espaço publicitário do Discovery Kids, o 2º colocado no ranking.

Alerta. O mais alarmante é que dois dos três canais com mais anúncios para crianças extrapolam o limite legal de 25% de publicidade, ao menos dentro do espaço estudado (6h às 21h). Ao longo do período, o Cartoon teve média de 17'52" por hora com publicidade, com pico de 19'08" das 12h às 13h. O Discovery Kids somou 18'55", com um pico de 21'39" das 20h às 21h. Já o Nickelodeon se manteve no limite, com média de 15'04", e um pico de 16'42" das 18h às 19h.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.