Estúdios Disney proíbem cigarros em filmes familiares

Medida por valer também para produções distribuídas pelos selos do estúdio Touchstone e Miramax

Efe,

07 de julho de 2025 | 19h16

Os estúdios Disney anunciaram nesta quarta-feira, 25, sua intenção de proibir o fumo em todos os seus filmes familiares. Com a medida, a Disney se torna o primeiro estúdio a proibir a presença de cigarro nas telas, a reforça tendência antitabaco, cada vez mais generalizada em um meio que durante décadas alimentou a vontade do público de fumar. O anúncio de Robert Iger, presidente da companhia, também indica que a Disney adotará o mesmo padrão contrário ao tabaco nas produções que adquirir para sua distribuição, por meio de seus selos Touchstone e Miramax. Em carta ao representante democrata Edward Markey, Iger ressaltou também sua intenção de colocar anúncios antitabaco nos filmes que contenham imagens de pessoas fumando. Mesmo assim, a associação American Legacy, contrária à presença do tabaco no cinema, considera que a decisão dos estúdios Disney é limitada, por não esclarecer quais serão as medidas concretas que serão tomadas nos filmes adquiridos para sua distribuição. A associação divulgou recentemente um estudo que revelou que 90% dos filmes que estréiam nos Estados Unidos mostram pessoas fumando. O mesmo relatório ressaltou que as crianças mais expostas a estas imagens possuem três vezes mais chances de começar a fumar.

Tudo o que sabemos sobre:
Disney

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.