Estrela de Bollywood será embaixadora da ONU contra a Aids

A ONU nomeou na segunda-feira a atriz indiana Aishwarya Rai Bachchan como sua embaixadora honorária com a missão de combater a transmissão da Aids para crianças e promover a universalização do tratamento com antirretrovirais.

Reuters

24 de setembro de 2012 | 19h44

Rai, que deu à luz pela primeira vez em novembro, vai trabalhar com a Unaids (programa da ONU para o combate à Aids), defendendo o "plano global para a eliminação das novas infecções entre crianças e para manter suas mães vivas".

"Conscientizar sobre questões de saúde, especialmente relativas a mulheres e crianças, sempre foi uma prioridade para mim", disse a atriz de Bollywood em nota. "E agora, como uma nova mãe, posso me identificar pessoalmente com isso - as alegrias e preocupações de cada mãe e as esperanças que temos pra os nossos filhos."

O plano com o qual ela se envolverá abrange 22 países, inclusive a Índia, que juntos respondem por mais de 90 por cento das novas infecções pelo vírus HIV entre crianças. Os demais 21 países ficam na África Subsaariana.

Rai, que costuma aparecer na lista das mulheres mais bonitas da Índia e é casada com o ator Abhishek Bachchan, ganhou o concurso Miss Mundo em 1994 e depois fez carreira de sucesso no cinema popular indiano. Também atuou em filmes de Hollywood, como "A Pantera Cor-de-Rosa 2", e é presença habitual no Festival de Cinema de Cannes.

(Reportagem de Michelle Nichols)

Tudo o que sabemos sobre:
GENTEBOLLYWOODAIDS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.