Divulgação
Divulgação

Estreia hoje 2ª temporada da série 'Aline' na Globo

Logo na estreia, a crise conjugal bate à porta da casa do trio formado por Aline, Pedro e Otto

AE, Agência Estado

03 de fevereiro de 2011 | 11h00

Quem acompanha o seriado Aline - que nasceu como especial de final de ano em 2008, na Globo - não se choca mais com a relação da amalucada Aline (Maria Flor) com seus dois namorados, Pedro (Pedro Neschling) e Otto (Bernardo Marinho). Até torce para que a convivência harmoniosa do triângulo amoroso sob o mesmo teto perdure pelos próximos episódios. Aí vão algumas justificativas plausíveis para isso: a história é amarrada com humor e existe um amor tão verdadeiro, quase naif, entre os três, que chega a ser cruel pedir para que ela se decida entre um ou outro. "Nunca tivemos receio com a reação do público, porque sabíamos que era um programa leve, para a família", disse Pedro Neschling. "Não é uma comédia sobre sexo: é sobre amor", completou o roteirista Mauro Wilson.

Mas logo na estreia da segunda temporada da série, que vai ao ar hoje, às 23h25, após o Big Brother Brasil a crise conjugal bate à porta do apartamento do trio no centro da cidade de São Paulo. É que, para angariar fundos em prol do orçamento familiar, Aline decide se rifar na loja de discos onde trabalha, comandada pelo casal gay vivido pelos atores Otávio Müller e Gilberto Gawronski. O felizardo ganha o direito de passar um final de semana inteiro com ela.

Seus dois companheiros pressentem que essa história não vai acabar bem. Ainda mais depois que o bilhete sorteado sai voando pela Galeria do Rock, onde funciona a loja, e cai nas mãos de Heitor (Marco Furlan), a personificação do homem perfeito. Heitor é lindo, gentil, educado. Sua bela figura causa impacto tanto em mulheres quanto em homens, que, consternados diante dele, lhe pedem um fraternal abraço e nada mais. Aline fica balançada por esse terceiro elemento. Confusa, pede um tempo aos namorados.

É apenas o início de uma nova sucessão de confusões que Aline colecionará ao longo de oito episódios. Sua lista envolverá ainda adoção de cachorro, aventuras com a avó, a tentação do sucesso, o encontro cara a cara com a morte (interpretada por Nathalia Dill), entre outras tantas situações. O último episódio da temporada será um musical, com todo o elenco dançando e cantando ao som de clássicos do rock nacional.

Na nova temporada, as reviravoltas também afetam a vida dos personagens que giram em torno do trio central. A começar pelos pais de Aline, Zé e Dolores (papeis de Daniel Dantas e Malu Galli), que viviam às turras, e agora decidem se separar e arranjar novos namorados. "Mas Zé e Dolores vão ficar entre idas e vindas", antecipou Malu. O elenco de apoio, aliás, conquistou mais espaço nesta nova fase, segundo o diretor-geral Maurício Farias, graças "a uma dramaturgia mais consistente e episódios maiores". As informações são do Jornal da Tarde.

Tudo o que sabemos sobre:
televisãoGloboAline

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.