Estréia amanhã versão para o cinema de 'Speed Racer'

Distantes da direção desde o fim da bilionária trilogia Matrix, os irmãos Wachowski voltam à cena no comando da adaptação do clássico desenho dos anos 60, Speed Racer, que tem estréia mundial amanhã. A produção de US$ 100 milhões, que chega a cerca de 550 salas do Brasil, foi feita quase inteiramente diante de uma tela verde num estúdio em Berlim. "Os diretores sabiam o que queriam, mas a gente custava a entender, pois tudo foi acrescentado depois no computador. Meu papel era o mais chato de todos, mas me diverti em Berlim", disse Susan Sarandon (a mãe de Speed Racer) no lançamento do filme, em Los Angeles.O elenco praticamente só viu o resultado de suas atuações na apresentação para a imprensa. Ficaram surpresos com a viagem artística dos irmãos Wachowski, que vai além do experimentalismo visual de Matrix. Em Speed Racer, o colorido é retrô-futurista, como um parque de diversão. "É para parecer quase uma animação", diz o produtor Joel Silver. Os carros do desenho foram modernizados e as pistas de corrida incluem de geleira a desertos, nas quais os carros voam. Algumas seqüências duram mais de cinco minutos, com carros saltando e explodindo. "Eu ficava cerca de duas horas dentro do protótipo do carro para rodar as cenas e usava a raiva de ficar lá preso a favor do personagem, fazendo cara de mau", conta Emile Hirsch, que será o astro Speed Racer.Criado nos anos 60 pelo cartunista japonês Tatsuo Yoshida, Speed Racer (Mifune em japonês) é a história de um garoto (Speed Racer) que participa de corridas audazes, nas quais os concorrentes tentam sempre jogar sujo. Sua sorte é ser dono de um carro, o Mach 5, criado pelo pai, cheios de defesas contra os inimigos, como rajadas de fogo, bolas de aço e molas propulsoras, além de um motor incrível.A intenção dos Wachowski foi acrescentar uma trama família ao cartum. Rex Racer (Scott Porter) é um lendário piloto, filho de pais que constroem carros de corrida (Susan Sarandon e John Goodman). Tido como morto num acidente, ele vira ídolo do irmão mais novo, Speed Racer (Emile Hirsch), que herdou o talento para corridas. No elenco, Christina Ricci vive Trixie, a namoradinha de Speed, e Matthew Fox - o Jack da série Lost - é Racer X, lendário corredor que carrega um mistério. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.