Estilistas participam de campanha solidária

A moda pode ter muitos sentidos e expressões, sejam elas políticas, sociais ou econômicas de uma região ou de um país. Mais do que incluir ou excluir alguém em uma tribo, ela revela um estado de espírito. Além de estar presente em manifestações artísticas, a moda também encontra sua vertente humanitária. É com esse espírito solidário que os estilistas participantes da São Paulo Fashion Week elaboraram camisetas exclusivas com o alvo azul, símbolo da campanha O Câncer de Mama no Alvo da Moda.A partir de quarta-feira e até o dia 15, as camisetas serão leiloadas no site do evento (www.saopaulofashionweek.com.br). A renda arrecadada será toda revertida para o Instituto Brasileiro de Controle do Câncer (IBCC), que há cinco anos desenvolve essa campanha nacional para atender a milhares de pessoas carentes.Os estilistas e grifes que assinam a sua contribuição com modelitos desenhados especialmente para a campanha são: Sommer, Waldemar Iódice, Patachou, Glória Coelho (G), Renato Loureiro, Ronaldo Fraga, Alexandre Herchcovitch, Walter Rodrigues, Carlota Joaquina, Equilíbrio, Fause Haten, Carlos Miele (M.Officer), Ricardo Almeida, Ellus, Reinaldo Lourenço, Lino Vilaventura, Zapping, Tufi Duek (Forum e Triton) e Zoomp.Fundado há mais de 30 anos, o IBCC ? entidade filantrópica sem fins lucrativos ? desenvolve um intenso trabalho de prevenção e tratamento do câncer dirigido pelo dr. João Carlos Sampaio Góes. Estampado em camisetas, artigos esportivos, botons e até cereais, o famoso logo (alvo azul) foi criado por Ralph Lauren.Reconhecida pelo Council of Fashion Designers of America (CFDA), fundador da campanha Fashion Targets Breast Cancer, a campanha brasileira foi indicada como referencial para outros países.

Agencia Estado,

29 de janeiro de 2001 | 22h30

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.