Estante

HOTEL BRASIL -

, O Estado de S.Paulo

21 de agosto de 2010 | 00h00

O MISTÉRIO DAS CABEÇAS DEGOLADAS

Autor: Frei Betto

Editora: Rocco

(264 págs., R$ 33)

Primeiro romance policial do escritor, que tem mais de 50 títulos publicados. Na Lapa carioca, personagens são apresentados por meio de depoimentos à polícia, após a morte de um comerciante de pedras preciosas.

O LIVRO VERMELHO

Autor: C. G. Jung

Tradução: Edgar Orth

Editora: Vozes

(371 págs., R$ 480)

Guardado pela família de Jung, o livro só veio a público no ano passado, depois de quase nove décadas guardado. O volume inclui textos e imagens que, ponto de partida para o autoconhecimento, serviram de base para os principais trabalhos do autor.

IMPÉRIO

Autor: Niall Ferguson

Tradução: Marcelo Musa Cavallari

Editora: Planeta

(448 págs., R$ 44,90)

O historiador inglês analisa as contribuições do Império Britânico para a humanidade - e examina a maneira como as sociedades contemporâneas se apropriaram de determinados conceitos, como o de livre comércio.

VARIAÇÕES 3

Autor: Miguel Reale

Editora: Migalhas/ Fundação Nuce e Miguel Reale

(200 págs., R$ 34, vendas pelo endereço www.migalhas.com.br/variacoes3)

Terceiro volume com artigos do jurista publicados no Estado. Inclui o texto Variações Constitucionais, que Reale escreveu na véspera da morte, em 14 de abril de 2006.

EM BUSCA

DE MERLIM

Autor: Adam Ardrey

Tradução: Rafael

Aragon Guerra

Editora: Record

(380 págs., R$ 49)

O autor escocês se propõe a revelar "a verdade por trás da lenda", recuperando as origens históricas de Merlim e do Rei Arthur. Entre outras revelações, está a de que os dois seriam escoceses, e não ingleses.

A ÚLTIMA ENTREVISTA DE JOSÉ SARAMAGO

Autor: José Rodrigues dos Santos

Editora: Vermelho Marinho

(62 págs., R$ 18)

O breve volume registra a conversa que o Nobel de Literatura português teve com o jornalista moçambicano oito meses antes de morrer, e na qual fala sobre literatura, aspectos da vida e do mundo.

A VIDA SENSÍVEL Autor: Emanuele Coccia

Tradução: Diego

Cervelin

Editora: Cultura e Barbárie (vendas pelo e-mail livraria@cultu raebarbarie.org)

Assistente de Giorgio Agambem, o filósofo italiano Coccia defende a noção segundo a qual o ser humano se relaciona com o mundo apenas "através do sensível que é capaz de produzir".

VIDA A CRÉDITO

Autor: Zygmunt Bauman e Citlali Rovirosa-Madrazo

Tradução: Alexandre Werneck

Editora: Zahar

(252 págs., R$ 34)

Do terrorismo ao aquecimento global, o sociólogo polonês Bauman discute questões do mundo contemporâneo na série de conversas com a jornalista mexicana.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.