Felipe Rau/Estadão
Felipe Rau/Estadão

Estadão fala sobre o protagonismo feminino no Clubhouse

A conversa acontece hoje, 08, às 20h, com mulheres criadoras de salas das mais diferentes temáticas, que relacionam o debate com o universo feminino

Redação, O Estado de S.Paulo

08 de março de 2021 | 12h16

Em homenagem ao Dia Internacional das Mulheres, o Estadão leva a pauta feminina ao novo aplicativo do momento. No Clubhouse, mulheres das mais diversas profissões e idades criam salas de debates sobre maternidade, empreendedorismo, feminismo, questões financeiras e muito mais. 

A proposta é criar uma comunidade na qual elas possam compartilhar histórias, dicas e apoio uma às outras. “É uma tentativa de curar nossas dores coletivamente e de ressignificar nossa fala para um lado positivo", explica a comunicadora Deh Bastos, criadora do clube Mulheres Pretas Falam, dentro da plataforma.

Em cima disso, o Estadão promove a conversa sobre protagonismo feminino às 20h, neste link. A sala será moderada pela repórter Ana Lourenço e terá como participantes mulheres que criaram salas importantes para a plataforma, como Deh Bastos, citada acima, Luiza Tojer, criadora da sala Mulher, Vem Aqui Falar; Egnalda Côrtes, que promove debates sobre os obstáculos enfrentados pela mulher no mercado dentro da sala Mulher e Ambição; Lais Trajano, engajada no movimento feminista e com diversas salas sobre o tema, como a Feministas Exaustas; Geovana Quadros, criadora da confraria Mulheres Inspiradoras e da sala de nome homólogo; e a maquiadora Magô Tonhon, que luta pelas causas transsexuais. 

O jornal pode ser encontrado sob o usuário @estadaobr na rede social. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.