Estacionamento do Cirque du Soleil será fechado

Em reunião da comissão de licenciamento de shows na manhã desta sexta-feira, na Câmara Municipal de São Paulo, ficou decidido que o estacionamento montado para ser utilizado pelo público do espetáculo canadense Cirque du Soleil será fechado. De acordo com a assessoria de imprensa do vereador Adílson Amadeu, várias irregularidades foram constatadas, a começar pela autorização do Corpo de Bombeiros. O major Renzi, diretor de atividades técnicas do Corpo de Bombeiros negou ter dado o AVCB (auto de vistoria do Corpo de Bombeiros) para o estacionamento do Cirque du Soleil. Segundo o major, na planta apresentada aparecia um esqueleto onde funciona o estacionamento, mas este não foi objeto de avaliação. A aprovação dos bombeiros era exclusivamente para as instalações do circo.O Contru, por sua vez, negou que o alvará concedido ao circo incluísse o estacionamento. A equipe da subprefeitura que vistoriou o local nesta manhã questiona a aplicação do código de obras que não permite uso de local sem certificado de conclusão de obra (Habite-se) e permite interdição imediata do espaço chegou a prometer providências.O produtor do evento David Berg se antecipou e, em contato, com a CE Brasil pediu a suspensão da parceria com a Maxipark e o imediato fechamento do estacionamento.Matéria alterada às 15h00

Agencia Estado,

04 de agosto de 2006 | 13h50

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.