Estação 'fantasma' divulga obras eróticas em metrô de Paris

Painéis com imagens eróticas serão ativados pelo movimento do trem.

BBC Brasil, BBC

18 de dezembro de 2007 | 08h00

Uma estação "fantasma" de metrô na capital francesa, desativada desde a Segunda Guerra Mundial, voltou a funcionar para promover uma exposição de obras eróticas. A estação Croix-Rouge (Cruz Vermelha), situada na linha 10, entre Sèvres-Babylone e Mabillon, não integra os mapas de metrô de Paris e muitos parisienses desconhecem sua existência. O lugar foi decorado com desenhos e textos eróticos, fragmentados em painéis que se movimentam ao detectar a passagem do metrô. Quando o vagão passa pela estação, com velocidade reduzida, os painéis se levantam e revelam o conteúdo erótico de algumas das obras apresentadas na exposição O Inferno da Biblioteca - Eros em Segredo, em cartaz na Biblioteca Nacional da França (BNF) e proibida para menores de 16 anos. Além do fato atípico de exibir imagens com conotação sexual, o evento organizado pelo metrô parisiense também permite descobrir pela primeira vez em cerca de 60 anos a estação Croix-Rouge.Os usuários da linha 10 do metrô parisiense ainda poderão ler nos vagões textos com conotação erótica, extraídos do Dicionário Erótico Moderno de André Delvaux, publicado em 1864.A RATP, companhia do metrô da capital, anunciou que vai utilizar a estação "fantasma" para oferecer "experiências sensoriais" aos usuários e despertar o interesse pela mostra O Inferno da Biblioteca.O "inferno" é o nome de código utilizado pela BNF para catalogar obras literárias e gravuras consideradas imorais e obscenas. Muitas delas ficaram escondidas do grande público durante mais de um século.A companhia RATP diz que as imagens na estação Croix Rouge e os textos eróticos exibidos em painéis nos vagões fazem parte da "arte da sugestão" e não pretendem "chocar as diversas sensibilidades" que circulam diariamente pelo metrô parisiense.A mostra O Inferno da Biblioteca - Eros em Segredo pode ser vista até o dia 2 de março do próximo ano.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.