Espólio de Jackson fatura US$ 310 mi

O espólio do cantor Michael Jackson já faturou US$ 310 milhões desde a morte dele, em 2009, segundo documentos judiciais apresentados na quinta-feira. O dinheiro é oriundo da venda de discos, um filme, de merchandising e outros produtos. Os inventariantes usaram US$ 159 milhões para pagar dívidas deixadas pelo cantor, que morreu devendo mais de US$ 400 milhões, segundo os documentos, divulgados como parte dos procedimentos de legitimação do espólio e são o relato contábil mais detalhado já feito sobre o patrimônio póstumo do cantor até 31/12/2010. Os beneficiários do espólio são os filhos de Jackson, a mãe dele e várias entidades beneficentes. / REUTERS

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.