Espetáculo repassa a história do tango

A história do tango e da música popular argentina será apresentada no espetáculo de dança e música Señor Tango, que estréia hoje e vai até quinta-feira, repetindo a temporada nos dias 24 a 26, no Teatro Procópio Ferreira. O show foi criado pelo produtor argentino Fernando Soler e contará com seis músicos, oito bailarinos e a participação especial da cantora argentina Julia Zenko.Julia, que já gravou com Mercedes Sosa e com o violoncelista Yo-Yo Ma é uma das indicadas ao Grammy de melhor cantora. Em 2000, ela também concorreu ao Grammy Latino - mas não levou - por seu trabalho em Maria de Buenos Aires, opereta de Astor Piazzolla e Horacio Ferrer que está no programa da turnê brasileira de Señor Tango. O repertório do espetáculo conta ainda com composições como El Dia Que Me Quieras, Mi Buenos Aires Querido e Por Una Cabeza.A Julia caberá contar e cantar a história da música popular argentina em que Astor Piazzolla aparece. Fernado Soler entrará em cena para explicar os detalhes da trajetória do tango, que nasceu no final do século 19 como uma mistura de ritmos que eram dançados nos bairros de Buenos Aires, e para falar sobre a importância de certos autores e intérpretes para o estilo, como Carlos Gardel.Uma das curiosidades que Soler contará a respeito do ritmo é que originalmente ele contava com flauta, violino e violão, mas conforme foi ganhando adeptos - entre eles imigrantes espanhóis que moravam na Argentina -, o tango foi passando por modificações, como a substituição da flauta pelo bandoneón, instrumento que se tornou símbolo do gênero musical.Señor Tango foi criado por Soler há 15 anos e já foi apresentado em vários países do mundo, incluindo Estados Unidos e Brasil, mas nunca havia sido exibido em São Paulo.Senõr Tango - Teatro Procópio Ferreira (Rua Augusta, 2.823, tel., 3082-2409). De hoje a quinta-feira e de 24 a 26, às 21h. De R$ 60 a R$ 80.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.