William Aguiar/Divulgação
William Aguiar/Divulgação

Espetáculo de dança 'Jardim Noturno' estreia nesta quinta-feira

Movimentos inesperados da natureza são usados como metáfora em coreografia de Maurício de Oliveira

Estadão.com.br

14 de outubro de 2010 | 12h31

O movimento inesperado e imprevisível da natureza é traduzido em dança no novo espetáculo da Cia. Maurício de Oliveira e Siameses. Jardim Noturno, que estréia nesta quinta-feira em São Paulo, explora a irregularidade e o ritmo quebrado natural do desenvolvimento das plantas.

A quebra repentina dos movimentos da natureza foi transposta por meio de uma estrutura coreográfica tênue. "Cada intérprete realiza o movimento e colabora com o que ele acha que deve, para manter o frescor da coreografia, que não pode ficar engessada", explica Maurício de Oliveira, que atua, dirige e assina a coreografia do espetáculo.

Segundo ele, foram cinco meses de estudo até o resultado final, que pode ser conferido até domingo, no Teatro da Dança.

Jardim Noturno também conta com Marina Salgado, Thaís Clemente e o italiano Alessio Silvestrin, dançarino convidado.

A Cia Maurício de Oliveira e Siameses surgiu em 2005, na volta de Mauricio de Oliveira da Europa, onde atuou em companhias da Alemanha e Holanda. O trabalho é baseado em estudos da yoga clássica (Iyengar) e do balé clássico.

Jardim Noturno - De 14 a 17 de outubro, quinta e sexta às 21h, sábado às 20h e domingo às 18h, no Teatro de Dança (Av. Ipiranga, 344 - subsolo Metrô República). R$ 4. Pontos de venda: bilheteria do teatro, de quarta a sábado, das 14h às 19h e domingo das 14h às 17h, no dia do espetáculo, das 14h até o início da sessão, site http://www.ingressorapido.com.br/ ou por telefone: 4003-1212. Mais informações http://www.teatrodedanca.org.br/

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.