Especial revisita o inferno soviético dos gulags

O canal GNT exibe a partir de hoje o inédito Gulag, documentário sobre os campos de concentração do antigo regime soviético que levaram à morte 20 milhões de pessoas, que, de alguma forma, eram vistas como ameaça à estrutura do poder comunista. A produção vai ao ar em três episódios, às 19h30 da quarta, quinta e sexta, no horário de Grandes Séries.Produzido pela BBC de Londres, Gulag tem como ponto de partida a obra de Alexander Solzjenitsyn, que permaneceu por oito anos em um dos campos e, mesmo depois de libertado, continuou sofrendo perseguições do polícia secreta comunista, por divulgar o que se passava dentro dos gulags. Todos os seus manuscritos foram então apreendidos, com exceção de Arquipélago Gulag (1973).Com base nos escritos de Solzjenitsyn, a BBC percorreu toda a extensão do antigo império soviético, recolhendo depoimentos de várias pessoas que tiveram suas vidas mudadas graças aos campos, desde prisioneiros até sentinelas responsáveis pela ordem nos gélidos gulags.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.