Especial revê trajetória de Raul Cortez

Três blocos contam a trajetória artística - no teatro, na televisão e no cinema - do ator Raul Cortez, na série Retratos Brasileiros, que vai ao ar hoje, às 20 h, com reapresentação na quarta, às 15h30, no Canal Brasil. Nascido no bairro paulistano de Santo Amaro, que na época era município, em 1932, Cortez pensou em ser advogado. Não só desistiu como passou a freqüentar locais onde a arte que viria a fazer era reverenciada: os teatros paulistanos.Começou como figurante, "daquele que entra em cena quieto e sai calado", lembra o ator, passando "por todas as humilhações que os figurantes passam". Para Cleyde Yáconis, companheira de carreira e amiga, foi justamente o fato de Cortez ter construído sua carreira "pedrinha por pedrinha", que o tornou um grande ator. "É essa experiência que o faz cuidar de cada personagem como se fosse o primeiro". Além de depoimentos de atores que dividiram o palco com Cortez, o telespectador fica conhecendo parte do trabalho de criação para Rei Lear, peça que está em cartaz em São Paulo.Leia mais

Agencia Estado,

19 de fevereiro de 2001 | 11h31

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.