Espanha lança 69 poemas compilados por Che Guevara

A editora espanhola Planeta vai publicar uma antologia de poemas de autores ibero-americanos compilados por Che Guevara. A informação é do escritor mexicano Paco Ignacio Taibo II, que prefaciou a publicação e analisou O Caderno Verde de Che. Quando a CIA e o serviço secreto boliviano detiveram Che em 1967, encontraram o caderno na mochila do revolucionário argentino. Biógrafo de Che, Taibo II analisou fotocópias com o conteúdo do caderno, que foram guardadas em uma caixa-forte na Bolívia e chegaram há dois anos à Planeta. Os 69 poemas reunidos pertencem ao chileno Pablo Neruda, ao cubano Nicolás Guillén, ao peruano César Vallejo e ao espanhol León Felipe. Os versos foram copiados por Che entre novembro de 1966 e outubro de 1967. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.