Escritores e políticos falam sobre o Nobel a Vargas Llosa

O presidente do Peru, o embaixador Celso Lafer, os escritores Javier Marías, Lygia Fagundes Telles...

estadão.com.br,

07 de outubro de 2010 | 14h42

Alan García, presidente peruano - "O mundo reconhece a inteligência e a vontade libertária e democrática de Vargas Llosa. É um ato de justiça enorme que esperávamos desde a juventude. Vargas Llosa é um extraordinário criador de linguagem."

 

Sebastián Piñera, presidente do Chile - Pelo Twitter, Piñera disse que o Nobel a Vargas Llosa "é uma honra e um orgulho para todos os latino-americanos", enviando "felicitações" ao "amigo" escritor e a sua esposa, Patricia Llosa.

 

Victor García de la Concha, diretor da Real Academia Espanhola - O mundo acadêmico está verdadeiramente satisfeito. Era algo que vínhamos esperando ansiosamente, no passado achávamos que era o momento, mas ele não chegava."

 

Carlos Fuentes, escritor - Trata-se de uma recompensa à "enorme criatividade de toda sua obra, todos os seus livros formam uma só obra com focos distintos". Me dá uma grande alegria, é um grande escritor de nossa língua e um escritor universal", disse Fontes.

 

Javier Marías, escritor espanhol - "Fiquei muito feliz. Assim como há alguns Nobel enigmáticos, para falar de forma suave, neste caso é um prêmio plenamente claro e justificado."

 

Juan Gelman, poeta - O poeta argentino que está na Feira de Livros de Frankfurt falou à agência France Press sobre sua satisfação pelo Nobel a Vargas Llosa. "Me parece muito bom, as pessoas podem divergir de suas ideias políticas, mas é um grande escritor", disse Gelman. "De toda maneira, o espaço que ocupam as ideias políticas no talento do escritor é muito pequeno, com raras exceções. E Vargas Llosa é um grande escritor", disse Gelman.

 

Santiago Roncagliolo, escritor colombiano - "García Márquez representa o período em que o mundo queria crer além da realidade. Llosa, pelo contrário, é próximo da realidade e do pragmatismo, algo mais dos anos 90 e do século 21. É o primeiro premiado que vejo com este perfil."

 

Celso Lafer, embaixador - "É uma das figuras mais representativas da América Latina e grande conhecedor do Brasil. Foi a leitura de Os Sertões que o inspirou a escrever A Guerra do Fim do Mundo. É um intelectual que participa do debate político do seu tempo, um militante, um libertário, coerente em suas posições e ensaios."

 

Nélida Piñon, escritora - "Grande escritor, grande pensador e grande intelectual", disse a autora brasileira à agência EFE, acrescentando Vargas Llosa "talhado para o prêmio" por conjugar essas qualidades. "É um prêmio para um escritor que se preparou a vida inteira para isso, não para o Nobel, mas para o ofício de escritor".

 

Ferreira Gullar, escritor - "Acho justo. Já devia ter ganho há mais tempo. É um romancista inovador e com muita densidade na criação, e também um homem com visão social, participante, que quer ajudar a mudar as coisas na direção certa."

 

Lygia Fagundes Telles, escritora - "Achei boa a escolha de Llosa, com quem estive num encontro de escritores, na Colômbia, nos anos 70. O prêmio faz voltar a atenção mundial à literatura latino-americana. Só me pergunto: por que não o Brasil?"

 

Eric Nepomuceno, escritor e tradutor - "Bom para ele, claro, e para a literatura da América Latina. Acho um prêmio justo, pensando especificamente em seus primeiros livros. Ler o Mario Vargas de A Cidade e os Cachorros, Conversa na Catedral, A Casa Verde e Os Chefes é sempre bom. São obras permanentes, que merecem respeito"

 

Veja também:

link Mario Vargas Llosa ganha o Nobel de Literatura

link Leia a mais recente entrevista de Mario Vargas Llosa ao 'Sabático'

link Para Llosa, prêmio é reconhecimento à literatura de língua espanhola

link Leia repercussão entre escritores e políticos

lista Confira relação de obras do autor

lista Veja lista com todos os ganhadores do Nobel

link Editores falam de novo livro de Vargas Llosa em Frankfurt

link Presidente do Peru diz que Nobel é 'ato de justiça'

especial A trajetória de Mario Vargas Llosa

blog Daniel Piza: Llosa, enfim

Tudo o que sabemos sobre:
Mario Vargas LlosaNobel

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.