Escritora argelina é homenageada em Frankfurt

A escritora argelina Assia Djebar, de 64 anos, foi homenageada hoje na Feira de Frankfurt com o Prêmio da Paz dos editores alemães, o que lhe valeu em dinheiro cerca de R$ 20 mil. Poetisa, historiadora e também cineasta, Djebar é a primeira mulher a receber a deferência e a dedicou a autores argelinos assassinados na década de 90. A Feira chega nesta segunda-feira ao final de sua 52ª edição, depois de exibir cerca de 377 mil títulos, 91 dos quais lançamentos, pelos 190 mil metros quadrados do centro de exposições.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.