Escritor Ian McEwan é premiado por Sábado

O escritor inglês Ian McEwan ganhou, na última quarta-feira, o prêmio de literatura James Tait Black Memorial por Sábado, lançado no Brasil pela Companhia das Letras. "Qualquer um que seja honrado com o James Tait Black Memorial deve sentir-se emocionado de somar-se a tal lista de ganhadores", declarou McEwan.Na categoria biografia, foi premiada Sue Prideaux por Edward Munch: Atrás de O Grito, livro que aponta novos dados sobre o perfil psicológico do artista norueguês. "É um grande dia para mim e um grande dia para Munch", disse Sue, que se confessou encantada com a premiação.O livro de McEwan é uma manifestação contra a Guerra do Iraque. Narra as peripécias de um cirurgião que, no sábado, 15 de fevereiro de 2003, o dia da grande manifestação em Londres contra a intervenção do Reino Unido na Guerra do Iraque, acredita ter sido vítima de um atentado terrorista. O prêmio literário James Tait Black Memorial, recebido por McEwan, de 15 mil euros, é um dos mais antigos do Reino Unido, conferido anualmente, desde 1919, pela Universidade de Edimburgo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.