Escritor David Halberstam morre em acidente de carro

O escritor e jornalista americano David Halberstam, vencedor do Prêmio Pulitzer e conhecido por suas crônicas sobre a Guerra do Vietnã, os direitos humanos e o universo dos esportes, morreu em um acidente de carro na segunda-feira, 23, aos 73 anos, informou sua mulher, Jean.Halberstam, nascido em Nova York, estava no banco do passageiro de um carro que colidiu com outro em Menlo Park, no sul de San Francisco, de acordo com o coronel Robert Foucrault, da prefeitura de San Mateo. A morte foi aparentemente causada por hemorragias internas, revelou Foucrault.O acidente ocorreu por volta das 10h30 e o escritor morreu antes de receber atendimento médico. O motorista, um estudante de Jornalismo, e a outra pessoa que se encontrava no banco traseiro do automóvel, não foram gravemente feridos. O carro se dirigia para a Universidade da Califórnia, em Berkeley. Halberstam trabalhava atualmente no livro The Game, sobre uma famosa partida de futebol americano entre os times Baltimore Colts e New York Giants, informou sua mulher. Jean disse que vai sempre se lembrar da generosidade do marido com jovens jornalistas e outros escritores.Entre sua obra, destacam-se os livros The Best and the Brightest (1972) e War in a Time of Peace: Bush, Clinton, and the Generals (2001). Venceu o Pulitzer com The Making of a Quagmire: America and Vietnam during the Kennedy Era, livro que escreveu após cobrir a Guerra do Vienã para o jornal New York Times. O mais recente foi Education of a Coach, lançado no ano passado. É possível encontrar, em inglês, diversos livros do autor em livrarias do País.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.