"Escrava Isaura" será a próxima novela da Record

A Record quer produzir Escrava Isaura, folhetim brasileiro que mais fez sucesso no exterior. Por aqui, brilhou em 1976 pelas mãos do diretor Herval Rossano, recém-contratado como diretor de teledramaturgia da Record. Escrava Isaura foi adaptada na Rede Globo por Gilberto Braga - autor de Celebridade - do romance de Bernardo Guimarães. A novela deve ir ao ar já no segundo semestre.A produção será da própria emissora, que hoje mostra Metamorphoses em parceria com a produtora Casablanca. Escrava Isaura transformou Lucélia Santos em estrela internacional. Na Polônia, por exemplo, chegaram a fazer concursos entre o povo de Isauras (Lucélia Santos) e Leôncios (Rubens de Falco) para ver quem se parecia mais com os atores. Já os chineses elegeram-na como símbolo de luta e vitória.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.