'Escrava' de circo italiano era forçada a nadar com piranhas

A polícia resgatou duas irmãs adolescentesbúlgaras de um circo no sul da Itália que forçava uma delas anadar com piranhas para a diversão do público, informou apolícia. Enquanto a irmã de 19 anos nadava em um tanquetransparente, a mais nova, de 16 anos, era forçada a entrar emum contêiner onde funcionários do circo jogavam cobras. Ela foiferida por uma das cobras, segundo a polícia. A polícia prendeu três italianos que administravam o circono sul de Nápoles, na província de Salerno, sob a acusação deforçar as irmãs a viver em virtual escravidão. As mulheres recebiam 100 euros por semana e viviam em umtrailer que anteriormente tinha sido usado para transportaranimais, de acordo com a polícia. (Texto de Phil Stewart)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.