Esboço de Picasso avaliado em US$ 650 mil é roubado no México

Além da obra, foram levados também dinheiro e relógios; ladrões não deviam saber o valor do desenho

Efe,

12 de novembro de 2007 | 17h19

Um desenho atribuído ao pintor espanhol Pablo Picasso e avaliado em US$ 650 mil foi roubado da casa de um colecionador no Estado de México, informaram nesta segunda-feira, 12, fontes policiais. Uma fonte da Procuradoria Geral de Justiça do Estado de México afirmou à agência de notícias Efe que o desenho Rostro Masculino se encontrava dentro junto com um documento no qual se precisava o valor da obra e US$ 90 mil, que também foram roubados. O proprietário do desenho, Arturo Iturbide Hernández, de 42 anos, apresentou a denúncia no domingo. A casa do colecionador fica em Tlalnepantla. Iturbide explicou às autoridades que também foram roubados uma coleção de relógios finos e um aparelho de DVD, o que seria um indício de que os ladrões desconheciam o valor do desenho de Picasso e só o levaram porque estava na mesma pasta que o dinheiro. A procuradoria estadual já abriu uma investigação sobre o roubo.

Tudo o que sabemos sobre:
Picassoroubo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.