Erykah Badu pode ser multada por vídeo em que aparece nua

NOVA YORK (Billboard) - A cantora de R&B Erykah Baduh foi acusada de comportamento impróprio devido à filmagem do vídeo de seu single mais recente, "Window Seat", em que ela aparece nua, revelou o site TMZ.com.

REUTERS

05 de abril de 2010 | 12h32

A cantora premiada com o Grammy receberá uma intimação judicial pelo correio e pode ter que pagar multa de até 500 dólares.

De acordo com o TMZ.com, uma mulher no Texas registrou uma queixa por indecência junto ao Departamento de Polícia de Dallas. Um anúncio oficial sobre o assunto será feito em breve pelo departamento em coletiva de imprensa.

A filmagem do vídeo foi feita em uma só tomada na praça Dealey, em Dallas, a cidade natal de Baduh. A praça é o local onde John F. Kennedy foi assassinado em 1963.

No vídeo, Badu vai tirando a roupa, e no momento em que está nua, ouve-se um tiro e seu corpo cai sobre a calçada, enquanto sangue azul escorre e forma a palavra "groupthink" (pensamento coletivo).

Uma das queixas feitas diz respeito a sua decisão de despir-se por completo diante da câmera. Badu escreveu recentemente no Twitter: "O engraçado é que a nudez física não é nada demais. Eu tenho ficado nua o tempo inteiro em meus atos e minhas palavras. Isso sim é se deixar vulnerável."

Tudo o que sabemos sobre:
GENTEBADUNUDEZMULTA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.