Episódio dos Simpsons no Brasil só deve ser exibido em outubro

Apesar de ir ao ar somente em outubro -segundo a previsão do canal Fox -, o episódio do seriado OsSimpsons, intitulado Blame it on Lisa, já causou polêmica. Ocapítulo foi ao ar no dia 31 de março, nos Estados Unidos. Opresidente Fernando Henrique Cardoso já viu e não gostou. O programa é uma sátira à classe média norte-americana eironiza a própria cultura dos Estados Unidos ao mostrar que oBrasil que eles imaginam está um pouco longe de ser realidade. No capítulo, os Simpsons vêm ao Brasil à procura de Ronaldo,um garoto órfão que Lisa - a filha mais velha - ajudou. Em umvídeo, Ronaldo conta que, com a doação, comprou um sapato parasambar e uma porta para proteger seu lar dos macacos. Ao som de bossa nova, os Simpsons embarcam para o Rio. Bart -o filho pestinha - esforça-se para aprender espanhol. Sua mãe,Marge, o adverte: "No Brasil fala-se português." Quando chegaao Rio, a família instala-se no hotel "Rio-Days-Inn-Ero". Lá, os funcionários carregam as malas como se estivessem numjogo de futebol. A essa altura do episódio, a trilha sonora jáestá caribenha. Na tevê, a apresentadora de um programa infantilé uma loira sexy. Na praia de Copacabana, Homer desfila com suasunga fio-dental. A família procura Ronaldo no "Orfanato Anjos Imundos", masnão o encontra. Homer e Bart, após entrarem em ruas infestadasde ratos e serem assaltados por trombadinhas, param um táxi"não autorizado" e o pai é seqüestrado. Homer é levado para aAmazônia. O resgate é pago no bonde do Pão de Açúcar. Oteleférico cai e Bart é devorado por uma sucuri. A sátira de Os Simpsons não tem fronteiras. O seriado jáexibiu um episódio especial na Austrália tão absurdo quanto esseno Brasil. O SBT, que também transmite o seriado, não sabe seirá adquirir o episódio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.