Entre-Tempos, uma exposição temática

O Teatro Fernán Gómez, na Plaza de Colón, em Madri, se transforma no ponto central e de encontro do PhotoEspaña. É neste espaço que ficará a mostra Entre-Tempos. Instantes. Intervalos. Durações, com curadoria do diretor artístico desta edição do festival, Sérgio Mah. A exposição conta com cerca de 200 obras entre fotografias, videoinstalações e filmes produzidos por 17 artistas como a inglesa Tacita Dean (que participará da 29ª Bienal de São Paulo); o alemão Michael Wesely (já conhecido do público brasileiro, faz atualmente, até 7 de julho, mostra individual na Galeria Oscar Cruz, em São Paulo); o japonês Hiroshi Sugimoto; e o britânico Jeff Wall, além de Ignasi Aballí, Daniel Blaufuks, Iñaki Bonillas, David Claerbout, Ceal Floyer, Joachim Koester, Jochen Lempert, Mabel Palacín, Steven Pippin, Paul Pfeiffer, Michael Snow, Clare Strand, e Erwin Wurm. Todos os criadores - para além do mero registro fotográfico - exploram uma relação com o tempo em seus trabalhos, mote desbravador de todas as mostras desta edição do festival. "Vivemos numa época em que valores como mobilidade, instantaneidade e simultaneidade definem uma significante parte de nossas vidas, mediadas pela tecnologia. A fotografia tem estado em harmonia com o desejo de calibrar a fluência da realidade", define Mah. A retrospectiva da americana Helen Levitt, no Museu Coleções ICO, também é um destaque na temática do PhotoEspaña 10 por sua estética de "suspender os momentos" flagrados nas ruas de Nova York. / C.M.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.