Ensaios de Euclides da Cunha são publicados em inglês

Os ensaios escritos a partir de 1905 pelo sociólogo e escritor brasileiro Euclides da Cunha (1866-1909) sobre a região do Amazonas acabam de ser vertidos para o inglês sob o título The Amazon: Land Without History, pela editora da Universidade de Oxford. Segundo os críticos, a ambição do autor era recriar nestes ensaios o sucesso da sua primeira e mais famosa obra, Os Sertões (1902), que refletiu o conflito da sociedade brasileira da época a partir da rebelião de Canudos, de 1897. Euclides da Cunha descreve a Amazônia com sua inconfundível mistura de imparcialidade científica e apaixonada subjetividade.A edição comentada pertence à série Library of Latin America da editora da Universidade de Oxford. A proposta é apresentar a obra de escritores latino-americanos do século 19 ao público de língua inglesa.A maioria dos ensaios da nova edição foi recolhida pelo autor em "À Margem da História", uma coleção publicada logo após sua trágica morte.Segundo os críticos, a ambição do autor era recriar em seus ensaios dedicados à região do Amazonas o sucesso da sua primeira e mais famosa obra, Os Sertões (1902), que refletiu o conflito da sociedade brasileira da época a partir da rebelião de Canudos, de 1897.Uma das grandes conquistas da edição é a tradução de Ronald Sousa, que preserva o tom positivista num inglês às vezes comedido e outras, recarregado e arcaizante.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.