Imagem Gilberto Amendola
Colunista
Gilberto Amendola
Conteúdo Exclusivo para Assinante

Ensaio sobre a dor do outro

A dor do outro é um post em rede social. Você lê o título, marca uma carinha triste e corre com o indicador para cima – até a próxima notícia sobre o último affair da celebridade da semana

Gilberto Amendola, O Estado de S.Paulo

28 de setembro de 2020 | 03h00

A dor do outro é um outdoor na estrada. Pode ser grande, chamar sua atenção, mas passa. Em poucos segundos, você vai se perguntar: eram quantos quilômetros até o Frango Frito?

A dor do outro é um post em rede social. Você lê o título, marca uma carinha triste e corre com o indicador para cima – até a próxima notícia sobre o último affair da celebridade da semana.

A dor do outro é macarrão instantâneo. São 3 minutos até ficar pronta. Depois, esfria. 

A dor do outro bate na nossa porta. Mas demoramos tanto para atender que ela, simplesmente, vai embora.

Envolvidos em plástico bolha, falamos em empatia. Todos querem um quilo dela, da empatia.

Por favor, limpinha, feito o camarão que se compra na feira.

Empatia limpinha. Ou sem pele. Empatia sem pele. Sem pele.

Empatia para vender sabão em pó. Ou no comercial do banco. Empatia com as menores taxas do mercado.

Sorvete sabor empatia. Ou um temaki.

Empatia bibelô. Empatia para enfeitar a sala.

Empatia como frase de efeito escrita em uma camiseta.

Empatia para pronta entrega. Bateu, tomou.

Empatia para usar em público. Empatia para quando saírem os próximos dados da covid-19.

Planilhas de empatia.

Mas e por de trás das máscaras?

No hospital, esperando para visitar meu pai na UTI. Ouço o barulho dos elevadores, vejo o vaivém das macas, gente rezando, caras de choro e de apreensão.

Mesmo tão de perto, a dor do outro é a dor do outro.

Penso no meu pai.

Estamos todos sozinhos. 

 

Tudo o que sabemos sobre:
dorcoronavírus

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.