Enquete da TV paga mostra Fidel em alta

Fidel Castro anda bem cotado entreos brasileiros. Pelo menos é isso que aponta uma enqueterealizada pelo canal pago Hallmark Channel, entre os dias 19 e26 de maio. A pesquisa, feita no site do canal com a pergunta"Fidel Castro: culpado ou inocente?", mostrou que 56% dosbrasileiros consideram Fidel Castro inocente, em relação aosatos do ditador cubano.O objetivo da enquete foi promover um concurso entre osassinantes do canal, que concorreram a US$ 10 mil em prêmios.Bastava responder a perguntas relacionadas à exibição daminissérie Fidel, que estreou em 19 de maio.Produzida pela Hallmark especialmente para a televisão,a obra retrata a vida do líder cubano no período de 1950 a 1962.Adaptada por Stephen Tolkin, a minissérie foi baseada nos livrosPríncipe da Guerrilha, de Georgie Anne Geyer, e FidelCastro, por Robert E. Quick.A mesma pesquisa foi realizada nos demais países daAmérica Latina, mostrando que, no geral, o polêmico estadistanão é tão querido assim por outros latinos. O resultado foi maisapertado e indicou que 50,4% o consideram culpado e 49,6%,inocente.Do total de participantes da pesquisa, aqui e noexterior, 51% são homens e 49%, mulheres. A faixa etária maispresente foi a do público que tem entre 25 e 34 anos: 25%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.