Enfermeira que atendeu trote sobre duquesa Kate é encontrada morta

A enfermeira que atendeu o trote por telefone no hospital de Londres onde a esposa grávida do príncipe William, Kate, estava internada para tratar de enjoos matinais foi encontrada morta, informou o hospital nesta sexta-feira.

Reuters

07 de dezembro de 2012 | 14h22

A morte, que a polícia disse estar tratando como não explicada, ocorre dias após o hospital King Edward VII ter se desculpado por ter caído em uma pegadinha de uma estação de rádio australiana e contado detalhes sobre a condição de saúde de Kate.

"É com grande pesar que confirmamos a trágica morte de uma integrante de nossa equipe de enfermagem, Jacintha Saldanha", disse o hospital em comunicado.

"Podemos confirmar que Jacintha foi recentemente vítima de um trote no hospital. O hospital estava a apoiando", acrescentou o comunicado.

A polícia disse que foi chamada às 9h35 do horário local (7h35 de Brasília) porque uma mulher tinha sido encontrada inconsciente perto do hospital. A mulher foi declarada morta no local por um médico da ambulância.

O anúncio na segunda-feira de que Kate está grávida de um futuro herdeiro ou herdeira do trono britânico provocou um frenesi na mídia e gerou interesse mundial.

(Reportagem de Tim Castle e Peter Schwartzstein)

Tudo o que sabemos sobre:
GENTEKATEENFERMEIRA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.