EFE
EFE

Encontrado desenho mais antigo de um rei egípcio

Missão arqueológica no Egito encontrou sítio com desenho de cerca de 5 mil anos

EFE,

04 de julho de 2011 | 11h00

EGITO, Cairo - Arqueólogos norte-americanos e italianos encontraram uma inscrição com o desenho mais antigo de um rei egípcio. A inscrição teria sido feita durante a Dinastia Cero (3.200 a.C), quando surgiu a escrita hieroglífica, há cerca de 5 mil anos.

 

O Ministério de Estado de Antiguidades egípcio revelou em um comunicado nesta segunda-feira, 04, que o desenho está talhado em uma rocha e representa um rei com a coroa do Alto Egito.

 

A relíquia foi encontrada na zona de Al Hamdulab, ao noroesta da cidade de Asuan, a cerca de 800 km ao sul da capital egípcia Cairo.

 

O desenho faz parte de uma série de escrituras e imagens da realeza que mostra os rituais dos faraós na antiguidade.

 

Alguns representam cenas de combates, festas, pesca, sinais de poder político e animais.

 

Segundo o comunicado, a região onde a inscrição foi encontrada está repleta de outros desenhos antigos, mas muitos ainda não foram descobertos.

Tudo o que sabemos sobre:
Egitoarqueologiafaraó

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.