Empresário manteve Britney Spears drogada, diz mãe da cantora

Britney Spears foi "drogada" porseu autodeclarado empresário, em uma tentativa de tomarcontrole de sua casa, sua vida e suas finanças, acusou a mãe dapopstar em documentos oficiais que vieram a público naterça-feira. Em declaração juramentada entregue a um tribunal para obteruma ordem restritiva temporária contra Sam Lutfi, Lynne Spearspintou um retrato perturbador de sua filha de 26 anos, quedescreveu como vivendo confusa, entorpecida por drogas evirtualmente mantida cativa por seu antigo empresário. A superestrela premiada com o Grammy está hospitalizadadesde a semana passada para ser submetida a uma avaliaçãopsicológica. Um juiz de Los Angeles indicou um psiquiatra paradeterminar se ela é capaz de compreender os processos legaisque a cercam. A ordem restritiva contra Lutfi, que foi concedida pelomesmo juiz, o proíbe de entrar em contato com Britney. "Lutfi drogou Britney. Ele cortou o telefone de sua casa etirou dela os carregadores de seus celulares. Ele grita comBritney. Ele afirma controlar tudo: o assessor que cuida dosnegócios de Britney, seus advogados e os seguranças da casa",escreveu Lynne Spears na declaração. Ela contou que chegou à casa de sua filha em Los Angeles em28 de janeiro, dias antes de Britney ser hospitalizada à força,e encontrou Lutfi no comando, e a cantora confusa. "Britney ... ficou muito agitada e não conseguia parar dese mover", escreveu Lynne Spears no documento do tribunal. "Ela limpava a casa. Trocou de roupa muitas vezes. Tambémtrocou as roupas de seus cachorros muitas vezes. Ela falavacomigo em um tom e com o nível de entendimento de umagarotinha." Lynne Spears disse que Lutfi contou a ela e a uma amiga quedava a Britney comprimidos moídos e misturados à comida, paramantê-la calma, e em dado momento disse a ela que precisariatomar "10 comprimidos por dia" se quisesse ver seus filhos. A briga acirrada entre Spears e seu ex-marido, KevinFederline, em torno da guarda dos filhos foi suspensa enquantoa cantora está internada no Centro Médico UCLA. Seu pai, Jamie Spears, e advogado, Andrew Wallete,receberam o controle provisório dos bens de Britney, incluindosua casa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.