Nacho Doce/REUTERS
Nacho Doce/REUTERS

Empresa de esportes e entretenimento adquire parte da SPFW

Grupos InBrands e IMM dividirão gestão da maior semana de moda da América Latina

Sergio Amaral, Especial para O Estado de S. Paulo

23 Abril 2018 | 17h55

A São Paulo Fashion Week tem um novo sócio, a empresa IMM Esporte e Entretenimento, do fundo de investimento árabe Mubadala, responsável no Brasil por marcas e eventos culturais e esportivos, como UFC, Rio Open e Cirque de Soleil. “Temos eventos de esporte, música, arte, gastronomia em nosso portfólio. Faltava a moda”, diz Alan Adler, presidente da IMM e ex-atleta olímpico e velejador.

A maior semana de moda da América Latina passa a ser gerida pela empresa em parceria com o grupo InBrands, dono de Ellus, Salinas, Richards e VR, entre outras grifes. A ideia da parceria é aproveitar a expertise e a rede de contatos da IMM no universo do entretenimento para alavancar o evento de moda, que vem sofrendo com a perda de apoios e patrocínios.

“Vemos muita sinergia e possibilidade de integração, colocando a moda num espectro mais amplo de ações e não ficando presos a dois eventos por ano. Podemos ter uma presença mais ativa na vida das pessoas”, diz Nelson Alvarenga, presidente do conselho da InBrands. “É o início de um novo ciclo. Vamos recuperar nossas perdas ganhando junto”, completa Alvarenga. A parceria, que vem sendo discutida entre as parte há cerca de um ano, está formalizada e só depende da aprovação do Cade para se concretizar. Com a venda dessas ações, Paulo Borges, o fundador do evento e dono de 25% da Luminosidade, permanece à frente da direção criativa. O grupo IMM passa a ser o acionista majoritário da marca com 50,1% da empresa e o grupo Inbrands segue agora com 49,9%.

Mais conteúdo sobre:
SPFW [São Paulo Fashion Week]

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.