Emocionante diário da colonização

Informações sobre o início da colonização no Brasil estão concentradas nos relatos deixados principalmente por navegadores portugueses. E um dos mais importantes foi o escrito por Pero Lopes de Sousa que, entre 1530 e 1532, acompanhou a expedição comandada pelo irmão, Martim Afonso de Sousa, pela costa brasileira até chegar ao rio da Prata. O relato, saboroso apesar de essencialmente técnico, inspirou o livro Diário de Navegação, que a editora Terceiro Nome lança hoje, no Museu da Casa Brasileira.

Ubiratan Brasil, O Estado de S.Paulo

11 de maio de 2011 | 00h00

Não se trata simplesmente de uma mera transcrição do diário de Pero Lopes - Vallandro Keating e Ricardo Maranhão, como já fizeram em Caminhos da Conquista, reuniram todas as informações existentes sobre aquele momento histórico para complementar o texto do navegador. E, de quebra, acrescentam uma centena de desenhos que ajudam a melhor visualizar como era o Brasil logo depois do descobrimento.

A leitura remete aos bons textos de aventura. Os irmãos Sousa enfrentaram turbulências marítimas, lutaram contra franceses, negociaram com os índios. Com isso, estabeleceram um primeiro ensaio do que seria a definitiva presença portuguesa em território brasileiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.