Emoção será a chave de "Domingo da Gente"

Emoção. Esta é palavra que define o novo programa semanal da Record, "Domingo da Gente", que estréia no domingo, dia 18, às 13h30, com a apresentação de Netinho, ex-vocalista do grupo de pagode "Negritude Jr.". Conhecido por seu carisma e simpatia, Netinho pretende mostrar a história de pessoas comuns que sofrem, suam e lutam pelo que acreditam. "Tentaremos solucionar os problemas do povo da periferia, sem sensacionalismo. Queremos um programa para a família toda, sem constrangimentos", explica o apresentador."Domingo da Gente" contará com atrações musicais, competições e diversos quadros que trarão pessoas pobres à TV. Um deles é o famoso "A Princesa e o Plebeu", criado pelo próprio Netinho, no qual uma adolescente vive um dia de estrela cercado de magias e fantasias. O plebeu (vivido pelo próprio cantor) irá presenteá-la com roupas, jóias, jantares e encontros inesperados. Durante o primeiro mês, os programas serão gravados, mas a intenção de Netinho é de transformar ao vivo a partir do segundo mês.No quadro "De Volta ao Passado", voltado para a terceira idade, o apresentador realizará o sonho daqueles que não tiveram a oportunidade de concretizar seus desejos na juventude. "Temos recebido cerca de 50 cartas por dia para os quadros do programa. Uma senhora de 57 anos escreveu contando que gostaria muito de participar do quadro da princesa, mas como se acha muito velha para isso, pediu que fosse para um Spa. Hoje, ela está lá. Assim que o programa estrear, mostraremos como ela está se saindo", conta Netinho.Já no quadro "Agenda de Estrela", as crianças poderão viver um dia de estrela no lugar de seu ídolo. No palco, Netinho promoverá encontros entre ex-namorados, familiares que não se falam e pessoas que buscam a reconciliação. Os artistas também terão espaço no programa. O apresentador fará homenagens através de depoimentos de amigos e familiares, fotos, vídeos antigos e declarações emocionantes. Além disso, o "Domingo da Gente" contará com um quadro de "calouros" de alto nível, que pode trazer desde apresentações musicais até competições entre três pessoas que possuam a mesma profissão, sempre diante de um júri que realmente entenda do assunto. "Está sendo muito fácil trabalhar com o Netinho. Ele é uma pessoa especial e simples. Além de ter idéias brilhantes para o programa", conta a diretora do "Domingo da Gente", Leonor Corrêa.Netinho explica que não quer comparar seu programa com o do Gugu ou do Faustão. "Meu programa será apenas mais uma opção para os domingos." Leonor afirma que o "Domingo da Gente" será exibido antes dos programas da Globo e do SBT, por questão de estratégia. "Precisamos primeiro mostrar o que temos para oferecer. Depois, poderemos concorrer no mesmo horário que os demais.""O povo negro está comemorando. É uma oportunidade de mostrarmos as raças com naturalidade. Muita gente tem me perguntado se estou com medo. Eu não tenho medo. Vou ganhar dinheiro para ser eu mesmo. Quer coisa melhor que isso", brinca o apresentador. Quanto à carreira de cantor, afirma que está de "vento em popa". "Estou montando minha nova banda e, já no mês que vem, volto a fazer shows. Está quase certo que meu nome artístico será Netinho Sorriso."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.