Emoção marca último episódio de "Sai de Baixo"

Apesar do esforço de algunsintegrantes do elenco e da produção, não teve jeito, a Globoresolveu acabar de vez com o Sai de Baixo, após seis anos deexibição. A despedida do programa foi gravada no dia 18, noepisódio O Último Golpe do Arouche.O atração teve a participação especial de ReynaldoGianecchini e de Yara Jamra. Diferentemente das gravaçõesanteriores, as cortinas do teatro estavam abertas já na chegadado público, mostrando os bastidores da produção. A movimentação dos atores no palco revelavam que aquele era um dia bem diferente dos outros. Miguel Falabella fez poucas brincadeiras com a platéia, e Aracy Balabaniam não conteve a emoção durante toda a gravação.No final da apresentação, o diretor Denis Carvalhocomandou uma triste despedida, explicando como era feito oprograma, desde a criação até a gravação, chamando ao palcotodos os integrantes da produção - uma equipe de 102 pessoas.Entre os presentes estavam os diretores José Wilker e Cininha dePaula.Os atores foram homenageados e não teve maquiagem quesegurasse a choro do elenco. Um dos mais emocionados era LuizGustavo, que não queria que o programa acabasse. Denis Carvalholembrou que o ator foi um dos idealizadores do programa, ao ladode Daniel Filho.Em seis anos, as gravações do Sai de Baixo foramacompanhadas por um público de 487 mil pessoas. A emissora resolveu acabar com o humorístico por acreditar que a fórmula está muito desgastada. Em seu lugar, a emissora pode colocar o reality show Big Brother, e nasequência, um novo seriado de humor. A despedida do Sai de Baixo deve ir ao ar no final de março.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.