Emiliano José lança "Galeria F"

O escritor e jornalista Emiliano José que foi diretor da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes), em 1968, justamente o ano do AI-5, lança um livro de memórias Galeria F - Lembranças do mar cinzento. Não é a primeira vez que o autor se debruça sobre os episódios e personagens que marcaram a história no período da ditadura militar instalada no País a partir do golpe de 1964. José é o autor de Lamarca - O capitão da guerrilha, que já está na 14.ª edição, e virou filme do diretor Sérgio Resende, intitulado Carlos Lamarca. Emiliano escreveu ainda Carlos Marighella - O inimigo número 1 da ditadura militar, na 3.ª edição. Galeria F é o quinto livro de Emiliano José, um paulista que vive na Bahia, trabalhou na imprensa local, foi deputado estadual e é vice-presidente do PT, além de professor de jornalismo na Universidade Federal da Bahia. Os textos que compõem o livro foram publicados inicialmente no jornal A Tarde, de Salvador, entre agosto de 1999 e julho de 2000. Relatam o sofrimento e a luta dos que se rebelaram contra a repressão na Bahia na época da ditadura militar, com depoimentos dos companheiros que estiveram com ele na Galeria F da Penitenciária Lemos de Brito.Galeria F - Lembranças do mar cinzento, de Emiliano José, Editora Casa Amarela, 117 págs., R$ 15.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.